terça-feira, 31 de dezembro de 2013

O Usurpador





------------------------O Usurpador---------------------------------
O ex-presidente PINGUÇO Lula Esponja usurpa o poder de suas criaturas, é o que se diz sobre seus movimentos de interferência explícita no governo da mamulenga Dilma Rousseff e nos primeiros acordes da administração Fernando do Enem Fraudado Haddad na Prefeitura de São Paulo.Lula Esponja é alvo de toda sorte de críticas por desenhá-los como meras marionetes e tentar exercer de fato um poder que de direito não possui.Não foi eleito, portanto não tem razão para se reunir com a equipe de Haddad do Kit Gay para "traçar diretrizes". Não recebeu delegação presidencial para atuar como coordenador e, no entanto, age como se fosse a eminência mais nítida do governo federal.http://toupeirasdobrasil.blogspot.com.br/
----------------------Reinaldo azevedo-------------------------
Ontem, o Babalorixá de Banânia liderou um seminário sobre integração latino-americana, a que compareceram expoentes do governo Dilma, como o ministro megalonanico Celso Amorim (Defesa) e o presidente do BNDES, Luciano Coutinho. Já seria despropósito bastante não fosse Lula quem é. A turma foi além e anunciou, sem nenhuma cerimônia, que Dilma, eleita pelo povo, foi expropriada de algumas de suas funções. Lula, o desocupado, decidiu inaugurar um novo regime de governo no país, que a gente poderia chamar de “Lulismo mitigado”.

Em que consistiria esse regime, ao menos segundo o que foi anunciado nesta segunda, como se fosse coisa corriqueira? Lula seria o coordenador político da base aliada e quem se encarregaria de todas as negociações com o Congresso. Na prática, passaria a ser o verdadeiro presidente da República, uma vez que as prioridades de um governo se definem é nesse ambiente. Dilma voltaria a ser, assim, apenas a gerentona, aquela que se encarrega das tarefas executivas. O noticiário político, mais uma vez, voltaria a girar em torno do “homem”, do “mito”…

O “anúncio” foi feito sem nenhuma cerimônia por Paulo Vannuchi, ex-ministro dos Direitos Humanos e um dos chefões do Instituto Lula: “Lula vai jogar toda sua energia para a manutenção e a consolidação da aliança. Fazer uma agenda de conversas, ver quais são as questões, onde estão as disputas, como fazer para compor as forças”. Ora, algo com essa importância requereria uma comunicação formal da própria Presidência da República; teria de ser feito necessariamente no ambiente do próprio governo, não num seminário liderado por um chefe de facção, ainda que estivessem presentes expoentes do primeiro escalão.

Entendam bem o que está em curso, ainda que a própria Dilma venha a público, a reboque dos fatos, para negá-lo: Lula está usando a força do seu partido e as interlocuções que mantém na base aliada para usurpar uma parcela de poder de Dilma. Luiz Dulci, outro ex-ministro e diretor do instituto emendou: “Ele [Lula] tem um papel político a cumprir na constituição da nossa base política e social para 2014″. Eis o homem que anunciou que seria um ex-presidente como nunca se viu na história destepaiz…














Ex-Petistas desconstruindo o " Mito " Lula

Não há dúvidas que o Brasil hoje, está conhecendo o verdadeiro Lula, e de pronto,  peço desculpas por associar o termo  verdadeiro a ele, porque sabemos que nele não há verdade.


Como Brasileira, também acreditei em Luiz Inácio Lula da Silva, mas folgo em lembrar que nunca votei nele, porém me solidarizo à maioria dos brasileiros que foram traídos, enganados... ludibriados, por um homem que se dizia do Povo, de origem humilde e usou os rótulos de ex-operário, ex-sindicalista e ex-desempregado, para iludir o País de que seria o maior antagonista da corrupção se chegasse a Presidência da República.

Lula, em seus discursos improvisados, falava mais ao povo brasileiro, que aqueles preparados pela sua assessoria.  Sabia como e de que forma iludir, usando palavreado popular, gírias regionais, e até se utilizava dos seus erros de português, para encurtar a distancia entre ele e o povo mais simples.

E foi assim que Lula chamou a atenção do povo brasileiro, dos que sonhavam com um Brasil mais justo, daqueles que queriam empregos, escola pros filhos, atendimento à saúde pra família, segurança...  foi assim que Lula chamou a atenção dos que não tinham acesso à informação, cultura, educação... mas era esse o povo que iria o eleger.

O Brasil hoje, segundo dados do IBGE, tem 30,5 milhões de analfabetos funcionais,que  corresponde a 20,4% da população do País. A UNESCO define analfabeto funcional, como toda pessoa que sabe escrever seu próprio nome, assim como lê e escreve frases simples, efetua cálculos básicos, porem é incapaz de interpretar o que lê.  No Brasil 75% das pessoas entre 15 e 64 anos,  não conseguem ler e escrever e calcular plenamente. Esse número,  68% são considerados analfabetos funcionais, e os 7% considerados analfabetos absolutos.

 Nas eleições de 2002, Lula teve no 2º turno  52,79 milhões > 52.793.364 votos. e Na de 2006, teve 58.295.042 de votos.


O povo que elege, é sempre o alvo de Lula nas eleições, mas o povo para quem ele governa, está aquém dos que o colocaram na presidência da república.

Fico pensando se a população inteira que vota no Brasil, tivessem acesso a informação, educação, cultura e lessem ou ouvissem de ex-petistas, o que eles pensam e sabem de Lula e do PT...




1- Dr. Hélio Bicudo, jurista, fundador do PT, e desde 2005 desfiliou-se do partido por não concordar com o governo Lula, hoje é presidente da Fundação Interamericana de Defesa dos Direitos Humanos, diz:    

                    
              " Lula é autoritário e mira mais o poder pessoal do que os objetivos do PT . O Governo Lula ameaça a democracia. O Lula  ignora a nossa Constituição e se acha acima do bem e do mal "



                Dr. Hélio Bicudo em 2010 num manifesto nacional em defesa da democracia falou ao Brasil:



2- Francisco Maria Cavalcanti de Oliveira, mais conhecido como Chico de Oliveira, sociólogo, marxista,  um dos fundadores do PT, desfiliou-se do partido em 2003, por também não concordar com a forma governista de Lula, diz: 

              " Lula é muito mais esperto do que vocês pensam. O Lula não tem caráter, ele é um oportunista. O Lula é uma vocação de caudilho, a ante-sala do ditador "


Chico de Oliveira em entrevista no Roda Viva

3- Ferreira Gular, poeta, crítico de arte, biógrafo fala sobre Lula: "

O Lula é um farsante, não merece confiança. Não entendemos o que ele faz. Não entendo Lula, é um governo para enganar as pessoas. O Lula é de esquerda? Não me faça rir. O Lula é de fato uma pessoa desonesta, um demagogo, e isso é muito perigoso. Lula comprou os pobres do Brasil. Para Lula, não há valores, vale o que o levar ao PODER"


4 - Heloísa Helena, ex-petista, hoje vereadora em Maceió, diz:

 " Lula sabia de tudo sobre o mensalão. Ele sabia de tudo e por isso não abriu um único processo investigatório, uma única auditoria, falo isso com muita tristeza. Eu nunca imaginei que tivessem coisas relacionadas a crimes, assassinatos, além dos crimes contra a administração pública." 
" O Ex-Presidente Lula é um gângster, ele chefia uma organização criminosa, capaz de roubar, matar, caluniar e liquidar qualquer um que passe pela sua frente ameaçando seu projeto de poder" 


Se ex-petistas falam tudo isso de Lula e do PT, qual a coerência em votar nesse partido? Qual a coerência de ainda existirem brasileiros que acreditam no Ex-Presidente Lula?

http://prontoeufalei.blogspot.com.br/2012/10/ex-petistas-desconstruindo-o-mito-lula.html