segunda-feira, 25 de novembro de 2013

25/10/2013 IBOPE SOB SUSPEITA EM PESQUISA PRESIDENCIAL

Contrato do governo com o Ibope não salva Dilma Rousseff da rejeição de quase 60% do eleitorado




De acordo com uma pesquisa realizada pelo Ibope, a avaliação do governo Dilma Rousseff (PT), em queda desde os protestos que tomaram conta do país no mês de junho, parou de melhorar. A pesquisa mostra que somente 38% dos entrevistados consideram o governo ótimo ou bom –  em setembro, o índice era de 37%. O maior aumento foi visto na parcela que considera o governo ruim ou péssimo – de 22% para 26%.
IBOPE
Os números entram em contradição com o fato de que, na mesma pesquisa, o Ibope mostrar que Dilma venceria todos os adversários em 1º turno. No melhor cenário, contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), a petista tem 41% das intenções de voto. Mesmo com 100% de conhecimento, quase 60% da população brasileira diz não votar em Dilma de jeito nenhum.
Governo Federal firmou dois contratos avaliados em R$ 6,4 milhões para realizar pesquisas de opinião pública até as vésperas da campanha eleitoral de 2014. Firmados com o Ibope Inteligência e Virtú Análise,os contratos preveem sigilo indefinido dos temas, perguntas e resultados das pesquisas, contrariando a Lei de Acesso à Informação(LAI). A Secretaria de Comunicação da Presidência declarou que as pesquisas serão divulgadas três meses após o governo recebê-las.
De acordo com o ouvidor-geral da União, José Eduardo Romão, o sigilo contraria o órgão federal responsável pela transparência, aControladoria-Geral da União (CGU). ”A informação é pública, mesmo que o contrato estabeleça que a informação é sigilosa. No momento em que a empresa repassa a informação para órgão público, essa informação torna-se pública.”
Ibope ficou responsável pelas pesquisas quantitativas e telefônicas, ao valor de R$ 4,6 milhões. O Virtú Análise, contratada por R$ 1,8 milhão, cuida das pesquisas qualitativas. Os dois institutos disseram que cláusulas de sigilo são comuns nesses tipos de contrato.