domingo, 30 de dezembro de 2012

Consumidor deve preparar o orçamento para as despesas típicas do início do ano

Quase 200 primeiros dias do ano voce trabalha para pagar ao seu sócio, o governo! Depois restam-lhe os outros dias para você comprar o que necessita,mas com impostos que vão a 37% ou mais!



Consumidor deve preparar o orçamento para as despesas típicas do início do anoFalta pouco para 2013 começar e os consumidores já devem se preparar para os gastos típicos do início do ano, como IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores), IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano), matrícula e material escolar (para quem tem filhos), além do cartão de crédito com o saldo das compras realizadas no final do ano, entre outras despesas.

Segundo os economistas da Serasa Experian, fazer as contas de quanto terá de pagar pelas dívidas acumuladas no começo do ano é o primeiro passo para o consumidor organizar as finanças da família e não perder o controle no próximo ano. Além disso, se conseguiu poupar parte do 13º salário, é recomendável utilizá-la para cobrir esses gastos.

Na hora de comprar o material escolar, por exemplo, a principal orientação dos economistas da Serasa Experian é pesquisar preços e pechinchar. Evitar longos prazos de parcelamento também ajuda o consumidor a fazer um bom negócio.

Para aqueles que vão parcelar as contas em um prazo maior, é preciso tomar cuidado e considerar que o primeiro semestre do ano é recheado de feriados e datas comemorativas – Carnaval, Páscoa, Dia das Mães e Dia dos Namorados – o que aumentam os riscos do acúmulo de dívidas com viagens, presentes etc.

Para o consumidor que não estiver endividado, um empréstimo também pode ser uma das alternativas para quitar de uma única vez as despesas de início de ano. Mas é preciso ficar atento às taxas de juros e ao número de parcelas que podem aumentar o risco de cair na inadimplência. Já para quem está no limite do crédito, uma alternativa é buscar ajuda de familiares.

Todos esses gastos, sem controle, segundo os economistas da Serasa Experian, explicam os picos de inadimplência registrados no primeiro trimestre de cada ano. Por isso, eles recomendam que o consumidor tenha sempre consciência na hora de buscar crédito e procure cada vez mais incluir a educação financeira no seu dia a dia.

Clique no link abaixo e veja outras dicas e orientações da Serasa Experian:www.serasaconsumidor.com.br .