quinta-feira, 1 de novembro de 2012

DICAS: Saiba como PROTEGER SEUS FILHOS dos PERIGOS DA INTERNET


  1. APRENDA mais sobre a Internet se você se sente pouco familiarizado. Peça a seu filho que o ensine a navegar. Navegue, veja como a rede funcionq e o que ela proporciona às pessoas.
  2. DEDIQUE tempo para navegar com seu filho. Conheça os sites preferidos, os programas que ele usa e as atividades que faz enquanto está online.
  3. ENSINE seu filho a fazer um uso responsável dos recursos online. Caso encontre algum materil ofensivo, aproveite a oportunidade para explicar à criança os motivos de o material ser inapropriado e cmoo ela deve proceder.
  4. FALE às crianças sobre a pedofilia, explique que há homens e mulheres mal-intencionados na Internet. Aproveite para passar a velha ideia do "não fale com estranhos", que pode ser muito bem aplicada à comunicação virtual: ensine a criança a não fornecer informações pessoais como nome, endereço e escola em que estuda em conversas pela Internet, a não enviar fotos para pessoas que conheceu pela Internet e a não receber dessas pessoas nenhum tipo de arquivo.
  5. CONHEÇA  os amigos que a criança faz no mundo virtual. Assim podem surgir boas e duradouras amizades, também podem aparecer pessoas com más intenções. Explique a ela que as coisas vistas e lidas na Internet podem ser verdade, mas também podem não ser.
  6. NÃO PERMITA que seus filhos marquem encontros com desconhecidos com quem travaram contato pela Internet sem o seu conhecimento. Se você permitir que o encontro seja marcado, que seja em um local público. E, claro, acompanhe seu filho.
  7. CONVERSE e estabeleça regras e limites para o uso da Internet, adequadas à idade da criança. Fixe um horário ou tempo limite de acesso, converse sobre os sites e serviços que le pode, ou não, utilizar e explique o motivo. Monitore o uso de salas de bate-papos e comunicadores instantâneos.
  8. A COMUNICAÇÃO  é essencial, é fundamental. Mais do que qualquer programa ou filtro, a conversa sincera entre pais e filhos ainda é a arma mais eficás para enfrentar os perigos dapedofilia - e muitos outros. 
Vamos proteger nossas crianças dos perigos que a rede pode oferecer!