terça-feira, 30 de setembro de 2014

Documentário explicando o foro de são paulo e a nova ordem mundial por Foro do Brasil -Assistam e entendam o que acontece no Brasil e AL. Abra sua mente.

Documentário explicando sobre as fundações internacionais, os grandes banqueiros, o grupo bildeberg, comissão trilateral, CFR e foro de são paulo











 



O GRUPO BILDERBERG E O COMPLÔ SECRETO DE DOMINAÇÃO GLOBAL

Occupy-Bilderberg-2012-600x320.jpg Charles Montgomery "Monty" Burns participava de um grupo parecido, ao lado de (alegadamente) Bill Gates

 João Doria Jr promove em pleno Bananão uma versão “camp” reunindo políticos cangaceiros e executivos de terceiro mundo. Mas recuse imitações: O grupo que (alegadamente) domina o mundo é a Bilderberg Conference. Segundo teóricos das conspirações, seus membros é quem determinam as guerras, os eleitos nos países do primeiro mundo, as finanças internacionais.
 BILDSWED.JPG

 David Icke, goleiro do inglês Hereford United e mais tarde comentarista esportivo da BBC Sport, depois de receber a revelação de que seria o filho de Deus (não um dos filhos de Deus – e sim “O” Filho de Deus) usou seu novo status de divindade para denunciar a Bilderberg Conference (em parceria com nada menos que osIlluminati e o FMI) como sendo um agrupamento de descendentes de répteis da constelação Draco, que andam sobre duas pernas, têm aparência humana, vivem em cavernas e túneis dentro do planeta e cuja meta é a dominação dos humanos (como você deve imaginar, a hipótese - embora perfeitamente crível e absolutamente razoável – carece de confirmação). Draco_Hevelius.jpg 

Não convém desdenhar: Se existe uma categoria profissional que deve ser levada a sério quando fala de política internacional é a dos jogadores de futebol aposentados. Em seu livro “Them: Adventures with Extremists”, o jornalista britânico Jon Ronson decidiu investigar o grupo que – secretamente – domina o planeta. Eis os fatos:O Grupo Bilderberg (assim batizado por ser o nome do hotel holandês onde fizeram seu primeiro encontro) foi fundado em 1954 por Denis Healey, Joseph Retinger, David Rockefeller e o príncipe Bernhard dos Países Baixos, com o objetivo de reunir financistas, industriais, políticos e formadores de opinião. Todos os anos, cerca de 120 deles se encontram, a convite do comitê de direção, longe dos olhos de estranhos e da imprensa, para se conhecerem melhor, comer, beber (exageradamente, dizem seus detratores), jogar golfe e voltar para casa. Há outros grupos de bilionários que seduzem os loucos por conspirações (e, convenhamos, qual a graça de ser bilionário e ter um clube só?). Um deles, um pouco mais sinistro (e também alvo da investigação de Ronson), é o Bohemian Grove, no qual ocorrem mais ou menos as mesmas coisas que no Bilderberg e mais algumas cerimônias carnavalescas com roupas esquisitas envolvendo tochas e o estranho hábito de urinar em público de forma coletiva (em comum, ambos os grupos têm a presença da família Rockfeller e de Henry Kissinger - elos entre as duas agremiações). Mas o Bohemian nunca teve o mesmo apelo junto aos conspiracionistas que o Bilderberg, talvez porque o segundo seja mais internacional e menos folclórico.  

A fama do grupo Bilderberg aumentou depois de eles terem incluído em seus encontros mais antigos nomes que – embora insignificantes no momento da convite – mais tarde tornaram-se elementos fundamentais da política internacional – e estamos falando de gente do calibre de Tony Blair, Margaret Thatcher e Bill Clinton (levantando a eterna questão: seria faro ou eles elegeram estas pessoas?). Mas estes grupos – aparentemente – vêm envelhecendo mal. Um insider revelou a Ronson que tanto os participantes do Bilderberg quanto os do Bohemian Grove parecem estar perdendo influência, disposição, contatos - e suas reuniões atraem cada vez menos pessoas importantes. Quem diria que atividades recreativas como urinar coletivamente em árvores poderiam um dia perder seu charme... 

Em seu encontro de 2007 o nome mais proeminente atraído pelo Bilderberg era de Edward Michael "Ed" Balls, o político inglês envolvido em escândalos financeiros – não exatamente alguém com quem você pode contar para dominar o mundo. "Vamos encarar: Ninguém domina mais o mundo. Os mercados dominam o mundo. Talvez seja por isso que os teóricos das conspirações inventem todas estas maluquices. Porque a verdade é muito mais assustadora. Ninguém controla nada" - disse o informante de Ronson. Os donos do mundo parecem estar cansando da tarefa de tutelar a Terra. Ou perdendo esta capacidade. Ou então, como diriam os mais desconfiados, estão apenas fingindo fraqueza para facilitar seus planos de dominação global. Afinal, como diria David Icke, quem diabos pode confiar em répteis extraterrestres?

fonte: http://lounge.obviousmag.org/renzo_mora/2014/04/o-grupo-bilderberg-e-o-complo-secreto-de-dominacao-global.html#ixzz3EqicoBRG