quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Exército e Agetran barram caminhoneiros que seguiam em protesto contra Dilma

Militares fecharam a Duque de Caxias e impediram a passagem dos manifestantes


Militares do Exército Brasileiro e equipes da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) barraram pelo menos 15 caminhoneiros, que seguiam para protestar em visita da presidente Dilma Rousseff na Capital.
Os caminhoneiros seguiam pela Avenida Duque de Caxias, no Bairro Santo Antônio, quando os militares e agentes de trânsito bloquearam o cruzamento da avenida com a Rua Lúdio Coelho. Os militares atravessaram carros do Exército na pista, impedindo a passagem dos manifestantes.
Caminhoneiros estavam com faixas pedindo o impeachment da presidente Dilma e também com os dizeres “Chega de impostos para pagar o rombo da Petrobras” e “PT é a falência do transporte”.
Os condutores, que seguiam no sentido bairro tiverem que contornar a rotatória e encontrar caminho alternativo.
Dois caminhoneiros chegaram a bloquear por alguns minutos a Duque de Caxias, sentido centro, mas em seguida retiraram seus veículos da via.