terça-feira, 29 de abril de 2014

REFORMA POLÍTICA, PLEBISCITO, ASSEMBLEIA CONSTITUINTE - É GOLPE DO PT - ACORDA, NÃO ASSINEM NADA

PT dá largada à sua campanha de reforma política em busca do totalitarismo “democrático”

Pois é…

Um leitor acaba de me enviar uma mensagem que o Diretório Nacional do PT está mandando a seus filiados — e creio que não só. Eu reproduzo o e-mail a seguir. Leiam. Volto em seguida .

E-MAIL DO PT:

OF.001-RP/2014

Prezados(as) Dirigentes,

O Partido dos Trabalhadores elaborou um projeto de iniciativa popular para coletar 1,5 milhão de assinaturas a fim de propor alguns pontos de mudança na nossa política. Já estamos nas ruas com uma campanha nacional em busca do apoio da sociedade. No ano passado para a campanha foram enviados documentos e um formulário para recolhimento de adesão/assinaturas. O intuito era que no processo do PED, pudéssemos ter arrecadado o máximo de assinaturas possíveis. Ocorre que alguns estados e municípios ainda não enviaram para o Diretório Nacional.

Iniciaremos a partir de maio próximo a 2° etapa da Campanha, com o objetivo de envolver toda a sociedade civil e queremos fazer do PT o protagonista da grande e necessária Reforma que certamente, mudará os rumos das eleições em nosso país.

A proposta do PT é Fundamentada basicamente em quatro pilares:

FINANCIAMENTO PÚBLICO E EXCLUSIVO DE CAMPANHA;
VOTO EM LISTA PRÉ-ORDENADA PARA OS PARLAMENTOS;
AUMENTO DA PARTICIPAÇÃO FEMININA;
ASSEMBLÉIA CONSTITUINTE EXCLUSIVA;



Para esta nova etapa, iremos percorrer todo o Brasil, construindo o debate com a nossa base social, levando uma nova narrativa ainda mais convicta da precisão desta Reforma. Haverá também um novo material, com mais didática e acessibilidade levando em conta todo o movimento de junho/2013. Em breve nossa campanha estará nas redes, nas caixas de correios e sobretudo nas mentes e corações de quem quer um Brasil sem corrupção.

Desta forma é fundamental, que você identifique em seu município se houve a campanha, se colheram as assinaturas e por fim que nos envie com grande rapidez, pois precisamos concluir esta 1º etapa até 30 de abril.

Solicitamos que faça contato conosco, através do e-mail: reformapolitica@pt.org.br

Os Formulários já preenchidos e assinados deverão ser enviados para a nacional até 30 de abril para o seguinte endereço:

DIRETÓRIO NACIONAL DO PARTIDO DOS TRABALHADORES SCS, Quadra 02, Bloco C, nº 256, Edifício Toufic – 1° ANDAR - Brasília/DF – CEP 70302000

Saudações Petistas,

GLEIDE ANDRADE                                                                          Rui Falcão

Vice-Presidente Nacional do PT                                              Presidente Nacional do PT
Coordenadora da Reforma Política


Voltei
Ai, ai.

Como se vê, o PT começa a fazer no mês que vem a campanha maciça em favor da reforma política. A legenda elaborou, então, um projeto de iniciativa popular, é? Bem, se é do partido, então “de iniciativa popular” não pode ser. Trata-se de uma farsa de saída. O ideia desse tipo de projeto é justamente nascer da sociedade, não de instâncias formais de representação.

Como se nota, o PT quer exclusivamente financiamento público de campanha, a exemplo do STF, né?, que deve vetar a doação de empresas privadas. Se isso acontecer, melhor para o petismo: para distribuir o dinheiro público que vai financiar a eleição, terá de haver algum critério, e o maior partido levará mais dinheiro. Adivinhem quem sairia ganhando… Acertou quem chutou… o PT!

A legenda defende também o voto em lista fechada. Ou por outra: o eleitor vota no partido. De acordo com essa votação, estabelece-se o número de cadeiras a que cada agremiação tem direito, e os eleitos serão os primeiros de uma relação previamente preparada por cada uma. Ou seja: o eleitor nem saberá a quem estará dando seu voto. Em vez de aproximar eleitores de eleito, esse sistema os afasta ainda mais do que hoje.

A resolução do PT ainda fala em “Constituinte exclusiva” para reforma política, o que é uma piada macabra. Eleger-se-ia uma Assembleia para fazer a mudança, que se dissolveria em seguida. Não custa lembrar: modelos autoritários em curso na América Latina — Venezuela, Cuba e Bolívia — recorreram a esse método. De resto, Assembleia Constituinte sem que tenha havido rompimento da ordem anterior? É um exotismo.

Leiam lá: o texto do PT fala que a reforma serviria para “mudar os rumos (sic) das eleições em nosso país”. É mesmo? Ora, com os atuais “rumos”, os petistas estão no seu terceiro mandato, e, se as eleições fossem hoje (ainda bem que não são), teriam um quarto mandato; mais: com os “atuais rumos”, o partido tem a maior bancada na Câmara e a segunda maior no Senado.

Como partido nenhum propõe reforma que o prejudique, “mudar os rumos” deve significar a marcha rumo ao poder absoluto, não? Bem, se conseguir o que quer, será mesmo.

Não custa indagar: que reforma política impediria a sem-vergonhice ora em curso na Petrobras, por exemplo, e as relações incestuosas do petismo com as máquinas sindicais Brasil afora? O mais engraçadinho é que essa proposta de reforma política tem como principal alvo destruir o PMDB, que receberia menos verbas do fundo público de campanha do que o PT, estaria impedido de se financiar com empresas privadas (a não ser por intermédio do caixa dois, com os riscos inerentes a esse tipo de ação) e não contaria com as doações não estimáveis em dinheiro que os sindicatos sempre fazem ao petismo.

Aliás, só os idiotas ainda não perceberam que, após quebrar a espinha do DEM e causar sérias avarias no tucanato nestes 12 anos, o alvo natural e necessário do petismo é seu principal aliado: o PMDB. É da natureza desse Leviatã do mundo das sombras.

Por Reinaldo Azevedo

O QUE É O VOTO EM LISTA:

Saiba quais são as Consequências da adoção do voto em lista fechada

Se hoje nos reclamamos dos nossos deputados, se for aprovada a reforma política proposta pelo PT, a coisa pode ficar bem pior, pois teremos um sistema que despersonaliza ainda mais o voto, aumentando exponencialmente a distância do político com seu eleitor, pois este não votará mais diretamente em candidatos, mas em partidos. Quando não estivermos mais satisfeitos com um candidato, nem mesmo poderemos tirá-lo do parlamento, não votando nele, pois a prerrogativa de escolher quem será eleito ou não será do partido e não mais do eleitor.

Voto em lista Fechada - Adotado por Hugo Chaves - Venezuela
O voto em Lista fechada deixa os cidadãos à mercê das burocracias partidárias. Se você for contra a determinada lei e quiser discuti-la terá que enfrentar uma estrutura burocrática dos partidos. Não haverá mais deputado para discutir, pois eles não dependerão mais dos votos dos eleitores.

Além disso, como os partidos políticos que definirão quem entra na lista do partido, surgirá um mercado paralelo de compra e venda de melhores posições na lista, sem qualquer controle da sociedade e dos eleitores, facilitando a entrada de políticos corruptos.

O sistema de eleição de lista fechada concentra ainda mais poder nos partidos e distancia ainda mais a sociedade do controle do Estado. Os destinos do país passam a ser definidos por um pequeno grupo de pessoas que não dependerá mais do voto direto dos cidadãos e portanto não precisará dar satisfação aos eleitores.

Alemanha Hitler - Voto lista fechada

O sistema eleitoral proporcional, como é o caso da Lista Fechada, proposta pelo PT e pelo Deputado Henrique Fontana, é apontado como um dos elementos que permitiu a ascensão ao poder de um ditador como Hitler, da Alemanha Nazista.


Como todos podem ver a reforma politica do PT é Golpe, em novembro nós alertavamos para O GOLPE PARA IMPOSIÇÃO DA TAL REFORMA POLÍTICA - PT dirá que é vítima de sistema eleitoral, afirma jornal e  tambem nesta outra publicação sobre Reforma Politica- PT tenta impor goela abaixo o financimento publico de campanha e controle estatal dos meios de comunicação.  Algumas Entidades entregaram ao Congresso manifesto por financiamento público de campanha -A sociedade foi consultada?? sinceramente essas ONGs só podem estar a serviço do PT, partidos e do Governo. 

A proposta apresentada não é uma proposta séria, somos contra o financiamento publico de campanha, bem como as doações por pessoas jurídicas, as empresas não votam. Os partidos que encontrem outro tipo de alternativa.  Isso é golpe com a desculpa de do Mensalão.  A sociedade foi consultada?? Com todo respeito ao MCCE e ao Juiz Dr. Marlon Reis, sinceramente essas ONGs, entidades só podem estar a serviço do PT, partidos e do Governo.  Eles não representam toda a sociedade brasileira.

A OCC Alerta Brasil defende uma reforma politica e partidária urgente,mas não essa proposta do PT por que é  GOLPE PARA IMPOSIÇÃO DA TAL REFORMA POLÍTICA DO PT PARA IMPLANTAR O COMUNISMO.



REFORMA POLÍTICA


REFORMA POLITICA SÉRIA DEVE SER  ISENTA, E COM UM GOVERNO LISTO, CONGRESSO OU UM GOVERNO INTERVENTOR MILITAR COM PODER MODERADOR(SOCIEDADE CIVIL) REDIGIDA POR UM GRUPO DE JURISTAS PROBOS  E NÃO COM UM GOVERNO DE CORRUPTOS DO PT NO PODER.


 Redução do numero de partidos 6 partidos (2 de esquerda, 2 de centro e 2 de direita)
 -Ao invés de criar novos partidos políticos, por que os brasileiros não se unem e exigem uma reforma politica e partidária com "urgência" com no máximo 6 partidos políticos, sendo dois de esquerda, dois de centro e dois de direita(continuará sendo pluralista) é muito mais democráticos que inúmeros partidos que não fazem nada para defender a democracia no país.

Fim do coeficiente eleitoral - É preciso acabar com a imoralidade do coeficiente eleitoral

Fim de doações de pessoas jurídicas, uma vez que estas não votam quem vota são seu dirigentes, uma forma de acabar com o tal caixa dois.

Punição por crime de responsabilidade civil aos partidos políticos que tenham seus membros envolvidos em falcatruas e desvios de dinheiro, bem como o corte imediato das verbas de representação partidária, suspensão imediata por dois pleitos eleitorais, bem proibição total para que seus dirigentes ou políticos ligados a este encerrem o partido e criarem um novo partido nesse período de suspensão. 

Prisão imediata dos políticos envolvidos em falcatruas, roubos,dólares na cuecas,meias, paletós, desvios de verbas bem como a suspensão imediata dos direitos políticos "ad eternum" -"pena de morte política" para corruptos.  

Voto aberto em todas a sessões e em todas as casas legislativas

 Fim do voto de liderança, para evitar as faltas nas sessões plenárias.

Fim da aposentadoria integral para deputados e senadores;

Aposentadoria proporcional  a  70% para 4 legislatura(16 anos) não cumulativa com outras aposentadorias do serviço público ou privado.

Uso de serviços públicos para familiares de políticos(escola e hospitais) sem qualquer tipo de favorecimento -todos são iguais perante a lei, uso igual.

Fim dos planos de saúde familiar,hereditários e vitalicios.

Voto  distrital misto de dois turnos sem voto de legenda(lista fechada de partidos) 

Recall de politicos
políticos que durante 12 meses não mostrarem a que veio serão substituidos pelo 2o,mais votado no distrito e não eleito.

Conselho do recall
Eleição do conselho do recall qualquer pessoa pode ser conselheiro do recall, cargos sem remuneração, somente pagamento de despesas para reunião semestral e anual.


Caso isso não aconteça  uma intervenção imediata por um período de 12 meses para a reforma política ou conforme a proposta do estudo da UND que apoiamos.



FONTE: http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/pt-da-largada-a-sua-campanha-de-reforma-politica-em-busca-do-totalitarismo-democratico/