quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Lula comprova sua incompetência como governante e vê seu instituto invadido por sem-terra


Lula comprova sua incompetência como governante e vê seu instituto invadido por sem-terra

Sentindo na pele – Que Lulan ão foge do viés da classe política brasileira, que promete o mundo em cima do palanque mas, quando eleita, não entrega um grama do que foi prometido todos sabem, mas agora o messiânico que chegou ao poder na esteira da ética, da moralidade e como se fosse uma usina de soluções, começa a sentir na pele o estrago que proporcionou ao Brasil nos oito anos em que esteve no Palácio do Planalto, chafurdando nas benesses patrocinada pelo dinheiro público, como se fosse um Tio Patinhas de aluguel.
Na manhã desta quarta-feira (23), representantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra – a palavra “trabalhadores” não cabe para baderneiros profissionais – invadiram a se do Instituto Lula, que não passa de uma sede do governo paralelo que o ex-metalúrgico comanda para fazer sombra a Dilma e continuar mandando no País ao seu bel prazer.
O argumento dos sem-terra para a invasão – eles falam em ocupação – é para que Lula interceda junto aos governos para que terras sejam entregues através dos programas de assentamento. Acontece que essa quadrilha quer escolher o local do assentamento. Não adianta disponibilizar uma área em Xapuri, no Acre, pois a bandidagem que comanda o movimento quer uma área em região valorizada, pois o objetivo não é trabalhar, mas negociar aquilo que não lhes pertence por meio de contratos de gaveta.
Lula, que está envolvido em inúmeros casos de corrupção e deve ao provo brasileiro o dinheiro das viagens da sua namorada, Rosemary de Freitas, a Marquesa de Garanhuns, ao exterior, já tem a sua primeira missão como articulador político da presidente Dilma Rousseff, que caiu na esparrela do antecessor e por ele será dragada.
Normalmente, esses invasores costumam destruir o que encontram pela frente quando ocupam propriedades rurais e até mesmo públicas. Não custa lembrar a invasão da Câmara dos Deputados, em 6 de junho de 2006, que ficou completamente destruída e ninguém foi punido até agora. Resta saber se esses criminosos que se escondem sob uma suposta causa social destruirão o Instituto Lula, primeira entidade criada no mundo para catapultar um corrupto.
Paulo Okamotto, o trem-pagador de Lula, é o presidente do instituto que leva o nome do namorado da Marquesa de Garanhuns e misto de boxeador e terapeuta dos que se envolvem em escândalo com a rubrica do Partido dos Trabalhadores. Com a ex-segunda-dama Rosemary Noronha, Okamotto foi um lorde que tentou acalmá-la no momento de ebulição da Operação Porto Seguro. Já em Renilda Santiago, mulher de Marcos Valério, ele deu uns sopapos, segundo relato do próprio publicitário mineiro.
Em toda invasão promovida pelos sem-terra, o PT sempre condenou o uso da força policial para desocupar a área, assim como o ingresso da Justiça no caso. Aguardemos para ver se o samurai de Lula pedirá reintegração de posse, acionará a Polícia Militar Paulista, convencerá os invasores a deixarem o local ou a eles dispensará os mesmos sopapos dados em Renilda, ex-mulher do operador financeiro do Mensalão do PT.
fonte:Ucho.Info