sexta-feira, 2 de maio de 2014

PNDH-3, O GOLPE COMUNISTA DO PT EM ANDAMENTO CONFORME DENUNCIA UM DOS MAIORES JURISTAS DO BRASIL NO PROGRAMA DO JÔ. VÍDEO INTEGRAL!


Esta entrevista foi gravada em março de 2010.

Ives Gandra Martins desmascara o PNDH-3, Programa Nacional de Diretos Humanos.


Jô Soares teve a feliz idéia de convidar o Doutor Ives Gandra para falar em seu programa, sobre os riscos para o Brasil, do Programa Nacional de Direitos Humanos. Ives Gandra da Silva Martins é um advogado tributarista, professor, escritor e jurista brasileiro e faz um alerta ao Brasil.

Esta entrevista assumiu caráter premonitório. Na época a crise da Venezuela não havia eclodido.

As leis que este atual governo do PT vem coordenando e aprovando, 521 propostas no total, mexem diretamente na Constituição do Brasil e se assemelham muito as que existem na Venezuela.

Temas como direito de propriedade, educação e liberdade de imprensa são deturpados.

Este país caminha para um regime bolivariano, num dos maiores retrocessos da história brasileira no que diz respeito a liberdade civil e o estado de direito.

Esta leis terão consequências funestas para nossa democracia.
A maioria dos brasileiros estão anestesiados e pouco compreendem o que já está por aí e o que ainda falta ser implementado.

fontes:
site do governo explicando o plano
Ives Gandra by Wikipedia


O PROJETO DO PNDH-3, O GOLPE COMUNISTA DO PT EM ANDAMENTO CONFORME DENUNCIA UM DOS MAIORES JURISTAS DO BRASIL NO PROGRAMA DO JÔ. VÍDEO INTEGRAL!



Esta entrevista que o professor Ives Gandra Martins, concedeu ao Programa do Jô, realmente caiu do céu como uma dádiva. O professor Ives Gandra, é um dos maiores juristas brasileiros e poucos intelectuais brasileiros rivalizam com ele. Gandra não tem apenas formação jurídica, mas uma visão ampla no que concerne à filosofia política. Além disso, é uma pessoa que se expressa de forma objetiva e clara. Ainda quando é contudente nas suas assertivas, o professor Ives Gandra mantém uma serenidade absoluta. 

Mas como disse no início destas linhas, a entrevista de Ives Gandra, caiu como uma dádiva, como um maná, porquanto mostra de forma nua e crua o conteúdo do famigerado PNDH-3, Programa de Direitos Humanos formulado pelo governo do PT que será encaminhado ao Congresso Nacional.

Foi muito bom poder ouvir de uma das maiores autoridades jurídicas do Brasil na atualidade a confirmação, modéstia à parte, das minhas advertências quase diárias aqui neste blog sobre o fato de que o governo petista prepara um golpe de Estado comunista nos moldes do que já ocorreu na Venezuela. Quantas vezes afirmei isso aqui no blog em minhas análises! Portanto, confesso que fiquei muito gratificado de poder constatar que todas as advertência que formulei aqui neste espaço coincidem com aquilo que o professor Ives Gandra declinou com precisão e sabedoria nesta entrevista.

O mais curioso é que por trás do título Direitos Humanos, está o que já ficou conhecido como modelo bolivariano ou socialismo do século XXI, eufemismos para esconder o mais opressor e tirânico regime comunista.

Aliás, convém salientar, que o PT considera os partidos sociais-democratas como partidos conservadores de direita. Em suma: O PT deseja ser mais comunista do que todos os comunistas que antes dele existiram. E no seu universo político não existe a direita democrática. Aliás, a democracia representativa vigorante nos países mais avançados do mundo é considerada pelo petismo como "democracia burguesa" que deve ser extirpada, para dar lugar a um troço que denominam de "democracia direta".

O resultado de todas essas insanidades eivadas de pura vindita, decorrente da psicopatia comunista, se vê agora ocorrer na Venezuela em pleno século XXI, onde as prisões arbitrárias, as torturas, a escassez e a fome, a censura à imprensa e a selvageria das "tanquetas" disparando nas ruas contra civis desarmados, é o modelo 'bolivariano' que o PT deseja aplicar no Brasil.

Enfim, é isto que está acontecendo aqui e agora. E entrevista do professor Ives Gandra Martins, faz um apanhado completo do deletério programa PNDH-3. É impressionante, pois ao se ouvir a sua explanação tem-se a impressão que alguém está discorrendo sobre uma obra de ficção!

A coisa é tão séria que o assunto nem sequer concedeu espaço ao Jô Soares para suas tiradas de humor. As intervenções do Jô, lamentavelmente, foram ridículas. Mormente quando encheu a boca para dizer que admirava Fidel Castro. E foi detonado pelo entrevistado, que chegou a sorrir de admiração da fabulosa ignorância de Jô Soares. Entretanto, como tenho afirmando de forma recorrente, cerca de 99% dos jornalistas pensa como o Jô, e ajudam os coveiros da democracia, os assassinos da liberdade. Alguns por pura estupidez e ignorância, outros na qualidade de militantes dessa causa espúria!

Não deixem de ver o vídeo desta entrevista. Mesmo que que muitos de vocês, caros leitores, tenham visto ao vivo, espalhem pelas redes sociais, enviem o link para seus amigos e familiares. 

Na verdade, os cidadãos brasileiros conscientes já estão lutando todos os dias para impedir que o Brasil seja transformado numa nova Venezuela. Os incautos não sabem, mas o Brasil já vive uma situação de guerra; guerra pela defesa da democracia e da liberdade. Acreditem: isto não é brincadeira, não é teoria conspiratória da internet. Isto é a verdade proferida pelo professor Ives Gandra. "A democracia corre riscos", advertiu com ênfase.



fonte: Blog do Aluizio Amorim