terça-feira, 17 de novembro de 2015

A esquerda brasileira se cala é essa democracia que eles apoiam: Maduro ameaça aplicar um golpe militar caso perca as eleições parlamentares na Venezuela

Mas isso é golpe,  Todos se calam no pt, psol, pc do b, pco,pstu,une,cut,mst,mtst,, ninguém dá um piu.. Ele afirmou que caso perca as eleições, fará um governo (?????) cívico militar. 


"Eu estou cerebralmente, espiritualmente, politicamente e militarmente para assumi-la. E me lançaria às ruas."

Na prática, por não haver instituições capazes de conter a força do poder central, a Venezuela já é hoje uma ditadura. Mas Maduro está disposto a oficializar tudo com um golpe militar caso as pesquisas sejam confirmadas e ele saia derrotado das eleições parlamentares programadas para dezembro. Disse o sucessor de Hugo Chávez em discurso transmitido pela TV:
“Vamos ganhar a disputa eleitoral. Mas caso se desse a hipótese rejeitada, transmutada e sepultada [de uma derrota], eu estou cerebralmente, espiritualmente, politicamente e militarmente para assumi-la. E me lançaria às ruas. Em todas as hipóteses, somos milhões. Somos um bloco compacto de revolucionários, de revolucionárias, patriotas, chavistas, bolivarianos. Somos uma força histórica.”
A esquerda brasileira finge hoje que não foi fiadora dessa tirania e se cala. Assim como busca trabalhar pautas ligadas aos direitos individuais após destruir a economia brasileira com a maldita “nova matriz econômica” de Lula e Dilma. O Brasil só está ainda longe de virar uma Venezuela porque o buraco lá é muito mais embaixo. Mas já se assemelha bastante a outras nações bolivarianas, como a sempre complicada Argentina. E já puxa para baixo o crescimento de toda a América Latina.
Contudo, ainda há tempo de dar jeito no Brasil, diferentemente do que parece ocorrer na Venezuela.


fonte:http://www.implicante.org/noticias/internacionais/maduro-ameaca-aplicar-um-golpe-militar-caso-perca-as-eleicoes-parlamentares-na-venezuela/