quarta-feira, 11 de novembro de 2015

NO SOCIALISMO DO LUXO E DA OSTENTAÇÃO, UM PROFESSOR E UM OPERÁRIO SE TORNARAM MILIONÁRIOS E PODEROSOS CHEFIANDO AS DUAS DAS MAIORES QUADRILHAS DE CORRUPTOS DO PAÍS.

OS PRESIDENTES MILITARES ERAM CONSERVADORES, HONESTOS E DE REPUTAÇÕES REALMENTE ILIBADAS. NENHUM DOS PRESIDENTES DO REGIME MILITAR SE LOCUPLETARAM DE SEUS CARGOS E NENHUM DELES FICOU RICO OU MELHOROU DE VIDA PRESIDINDO O BRASIL. AO CONTRÁRIO DOS MILITARES, OS GOVERNOS CIVIS DE SARNEY À DILMA ROUSSEFF NÃO SÓ SE LOCUPLETARAM DO PODER, COMO ENRIQUECERAM COM A CORRUPÇÃO E A ROUBALHEIRA DE SEUS GOVERNOS. NO SOCIALISMO DO LUXO E DA OSTENTAÇÃO, UM PROFESSOR E UM OPERÁRIO SE TORNARAM MILIONÁRIOS E PODEROSOS CHEFIANDO AS DUAS DAS MAIORES QUADRILHAS DE CORRUPTOS DO PAÍS.

João Batista de Figueiredo morreu pobre e seus únicos bens era um apartamento em São Conrado no Rio de Janeiro e um cavalo. O apartamento foi adquirido durante seu cargo de General servindo ao alto Comando Militar. Figueiredo morreu pobre e sua família teve de vender seu apartamento para pagar dividas e honrar o nome do General. Ernesto Geisel, outro presidente militar, era de classe média, gaúcho e honesto. Da mesma forma que entrou no governo, Geisel saiu. Não enriqueceu, era avesso as mordomias e foi um dos militares que iniciou o processo de abertura para que estes comunistas safados pudessem estar onde estão hoje.

Garrastazu Médici também foi presidente no Regime Militar. Linha dura, Médici foi o principal oponente que enfrentou com coragem e determinação, as facções criminosas dos terroristas e da bandidagem comunista que queriam dar um golpe de Estado no Brasil. Seu governo foi marcado e historicamente reconhecido como os "Anos de Chumbo". Se não fosse Médici o Brasil hoje seria uma Cuba Tupiniquim. Médici era gaúcho assim como Geisel. Médici era um homem calado, honesto e também avesso ao luxo e as mordomias do poder. Sua única atividade social era o futebol. Adorava ir aos estádios com um radinho de pilha colado à orelha. Não gostava de seguranças e andava sempre sozinho no meio do povo sem medo de ser hostilizado. Foi Médici quem reabriu o Congresso Nacional possibilitando que Geisel fizesse a abertura. Como eram maus esses ditadores militares!

Médici, Geisel, Figueiredo, Castelo Branco e Costa e Silva, os presidentes militares brasileiros, morreram honestos, e nenhum deles enriqueceu as custas do povo ou desviou qualquer centavo dos cofres públicos para suas contas bancárias. Foram homens honrados em seus cargos políticos ou militares. Nenhum de seus filhos criaram empresas ou ficaram ricos, nenhum deles ajudou amigos com empréstimos bancários via BNDES ou beneficiaram amigos ou políticos.

Ao contrário dos militares, José Sarney que se gaba ao contar sua a história de menino pobre e engraxate, não só enriqueceu com dinheiro público, como tornou seus filhos milionários. Sarney comprou emissoras de TV, É dono de um Jornal, dono de fazendas e de terras que roubou dos maranhenses. Suas empresas faturam uma bolada por ano e de quebra, explora pedágios em diversas rodovias federais. Enriqueceu como político durante uma das maiores crises brasileiras. Em seu governo a inflação superou os 100%. 

Fernando Henrique era professor universitário. Hoje em dia um professor universitário, melhor do que FHC era, não ganha mais do que R$ 4 mil Reais por mês trabalhando duro. FHC enriqueceu na política. Dono de fazenda, de empresas e de vários imóveis de luxo em Paris, Rio e SP, FHC tem um apartamento em Paris que vale mais de 11 milhões de Euros ou R$ 45 milhões de Reais. Um professor levaria 95 anos para comprar um imóvel destes, e mesmo assim, precisaria usar todo o seu salário e não adicionar os juros. Outro imóvel de Luxo de FHC fica em SP. no Edifício Chopin, na rua Rio de Janeiro, bairro de Higienópolis, em São Paulo.O apartamento tem uma área de cerca de 400 metros quadrados e fica de frente para a rua Pernambuco. Seu preço é de quase R$ 2,8 milhões de Reais nos preços de hoje. Já sua fazenda é avaliada em mais de R$ 100 milhões de Reais, só em terras.

FHC é um homem que ama o luxo e adora gente que lhe paparica. Só bebe whisky americano, usa perfumes franceses e fuma charutos cubanos. Sua conta bancária ostenta uma bela fortuna que lhe rende uma gorda aposentadoria. Para quem xingou os aposentados de "vagabundos" , FHC vai muito bem mamando nas tetas do Estado. Eu gostaria muito se saber como um professor se tornou tão rico assim. Na França em seu auto exílio, FHC não trabalhava e passou boa parte de seu auto-exílio escrevendo sua teorias marxistas, livros cheios de baboseiras e de muito papo furado, mas que os babacas metidos à comunistas, adoram louvar. Talvez tenha sobrevivido as custas de seu pai que era militar ou então foi bancado com dinheiro dos assaltos terroristas praticados por sua turma do Partido Comunista brasileiro. 

FHC como todo comunista safado, não foi se exilar em Cuba, nem em Angola, muito menos no Congo ou Rússia. Foi para o capitalismo francês, viver no meio do dinheiro e da liberdade de expressão. Alias, nenhum dos comunistas brasileiros querem ir para países socialistas. Franklin Martins, o "CUmpanheiro" de Dilma nas cruzadas terroristas foi morar em Portugal, no centro do capitalismo, no luxo e na confortável mordomia que somente o dinheiro capitalista pode proporcionar.

Dizem que a fazenda de FHC foi comprada com dinheiro de sobra de campanha. FHC assim como Lula, também teve suas contas particulares, viagens, presentes o outros luxos, pagos com dinheiro de uma espécie de mensalão. Seu mala preta na época era Sérgio Motta, ex-terrorista, amigo íntimo de FHC. Motta morreu misteriosamente envenenado por uma bactéria que se acumulou no aparelho de ar condicionado de seu gabinete. Motta estava prestes a revelar o esquema corrupto de FHC e morreu dias depois. Ou melhor, foi assassinado. Quem será que matou ou justiçou Motta???

Luiz Eduardo Magalhães era Presidente da Câmara dos Deputados durante o governo tucano. Magalhães era filho do Senador Antonio Carlos Magalhães. Eduardo era um homem da direita política, era valente e tentou desmascarar a trama do impeachment de Collor. Magalhães investigava a quadrilha de FHC e tentava desmascarar o golpe socialista dado pela tucanagem comunista. Era um ferrenho defensor do conservadorismo e lutava contra as reformas destrutivas de FHC no ensino, na cultura e na economia. 

Magalhães foi morto, envenenado por uma substância encontrada em seu sangue. Essa substância foi muito usada pelos espiões da KGB. Na mídia disseram que foi infarto fulminante, mas um legista também morto dias depois, afirmou que Magalhães foi envenenado. FHC também recebeu mesadas do Petrolão, algo em torno de R$ 1 milhão de Reais. Isso foi o que a PF conseguiu descobrir até agora. Não obstante, seu pupilo Aécio Neves recebia 120 mil dólares mensais da Odebrecht durante os 2 últimos governos de FHC. Foram 2 anos mamando dinheiro roubado da Petrobras.

Lula veio do Sertão nordestino, foi trabalhar cedo e se tornou operário metalúrgico. Se aposentou bem rápido cortando o próprio dedo, pois nunca gostou de trabalhar. Lula se tornou líder sindical, informante dos militares e alcaguete. Lula foi preso várias vezes por vadiagem, vandalismo e por conduzir greves em todo o país. Muita gente informa que Lula tem nas costas dois assassinatos. Até hoje nenhum deles foi elucidado. Foram dois sindicalistas que disputavam eleições com Lula. Ambos foram assassinados um pouco antes das eleições vencidas por Lula. Na cadeia Lula tentou estuprar um preso e foi contido por uma turma que dividia cela com ele.

De deputado Federal à presidente da República, Lula que morava de favor na casa de amigos e parentes, se tornou um dos homens mais ricos do Brasil e do mundo. Sua fortuna, segundo a FORBES, pode passar dos R$ 2 bilhões de dólares. Seus filhos ficaram milionários da noite para o dia, abriram empresas e fizeram grandes negócios via BNDES. Todos andam de carros de luxo e frequentam a alta sociedade. Mas não foi somente os filhos de Lula que ficaram ricos. Outros parentes e amigos do sapo barbudo também foram agraciados pelo dinheiro público. Sua nora também abocanhou uma verbinha descolada dos cofres públicos. A filha única de Lula, Lurian, ficou com quase R$ 7 milhões de Reais.,O dinheiro foi dado pelo papai em verbas para ONGs. A ONG de Lurian fechou meses depois de receber a bolada. 

Há poucos dias foram descobertos pela operação Lava Jato, contas de Lula na Suíça, onde R$ 53 milhões de Reais estão escondidos do povo brasileiro. Seu instituto movimentou milhões de Reais em palestras fajutas, arranjadas para lavar dinheiro de propinas. Lula recebeu dinheiro do mensalão e ficou com uma bolada das sobras de campanha. A Receita Federal vive atrás do Lula, mas para azar de seus auditores, Lula sempre se esquiva, foge e não declara seus bens e muito menos seus rendimentos.
Lula está bilionário, entrou pobre e saiu rico em apenas 8 anos de governo. Seu salário como presidente em 8 anos de governo somam R$120 mil Reais. Essa grana dá no máximo para comprar um carro de luxo ou um quitinete em bairro de classe pobre.

Essa horda de bandidos que golpearam a nação silenciosamente,e que desde 1995 vêm roubando o país, são na verdade, responsáveis por mais de 100 esquemas de corrupção e de desvios de verbas. Só no governo de FHC foram 45 escândalos de corrupção que movimentarma bilhões de dólares. No governo Lula e Dilma, os esquemas são tantos que fica difícil contar. Com certeza são mais de 60. Analistas políticos e econômicos falam em cifras de mais de R$ 15 trilhões de Reais roubados pelo PSDB e pelo PT em 30 anos de socialismo. Só em menos de 4 anos do governo Dilma, R$ 3 trilhões foram surrupiados da nação por essa turma de ex-terroristas. Imaginem o que não foi roubado durante esses 30 anos?

Uma coisa é certa...Honestos nenhum deles é, são todos ladrões, corruptos, safados e bandidos. Todos enriqueceram às custas do povo brasileiro e dos impostos que eram arrecadados e roubados na calada da noite. Todos tinha "Imunidade Parlamentar" enquanto metiam as mãos no dinheiro público, uma Lei criada por FHC que deixavam os corruptos bem à vontade para limparem os cofres públicos. A Lei criada por FHC abriu as portas para o crime organizado agir sem serem incomodados pela polícia, ao mesmo tempo que incentivou o crescimento da corrupção no país. Nenhum deles, Sarney, FHC, Lula ou Dilma foram presos ou investigados durante seus governos. Hoje todos gozam de fortunas bilionárias, mordomias e do luxo glamoroso. Tudo é claro, conquistado as custas do povo humilde e ignorante, do povo trabalhador e do cidadão brasileiro que produz e gera renda. 

Enquanto o povo trabalha duro para pagar impostos cada vez mais extorsivos, cidadães brasileiros da classe pobre vivem às custas do Estado e das" Bolsas disso e daquilo". Ganham uma miséria do governo patife para rastejarem na miséria. Já os socialistas que estão no poder também. Vivem as custas do Estado, ou melhor dos impostos que são arrecadados e roubados, rastejam em fortunas bilionárias, não trabalham e vivem na miséria de suas mansões, apartamentos em Paris, Iates e carrões de luxo. Ostentam míseras contas bancárias com mais de R$ 10 bilhões de dólares e vivem chamando o povo de "vagabundos e de gentinha da elite branca".


Texto: Politicamente Irado

FONTES: http://limpinhoecheiroso.com/2013/10/22/recordar-e-viver-a-historia-da-fazenda-de-fhc/

http://imagempolitica.com.br/site/recordar-e-viver-conheca-o-apartamento-de-fhc-em-paris-ele-tem-renda-para-isso/

http://br29.com.br/o-unico-professor-no-mundo-que-possui-um-apartamento-de-11-milhoes-de-euros/

http://www.ocafezinho.com/2015/03/20/youssef-aecio-recebia-mensalao-de-120-mil-dolares/

http://portaldn7.com.br/lula-tem-r-53-milhoes-somente-em-bancos-da-suica/