quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Greve dos caminhoneiros pela renúncia de Dilma é destaque na imprensa mundial. Governo tenta sabotar


















A greve, dos caminhoneiros sem sindicatos, prevista para começar na segunda 9/11 nem bem começou e já é destaque na imprensa mundial.
Enquanto isso, no Brasil, a greve que ainda vai ferver após segunda 9/11, e que está sendo sabotada pela Velha Mídia que nada ou pouco divulga, já tem alguns pontos de desabastecimento registrados em cidades do Sul brasileiro, veja aqui.
Ainda, como é de de costume, governo e sindicatos e alguns empresários vermelhos estão a toda para sabotar a greve que exige que Dilma largue o osso, renuncie, vaze, arme a capa, da presidência da República.
Sobretudo, o governo que defende as invasões criminosas do MST, está desesperado e até já acionou as forças de inteligência para monitorar as redes sociais visando combater os focos de divulgação e mobilização da greve dos caminhoneiros, veja aqui.
Contudo, mesmo ameaçados pelo desgoverno e a pelegada dos sindicatos, a CUT, até o MST e outros, os caminhoneiros autônomos, sem sindicatos, livres da corruptalha vermelha, mantém a greve que promete ser a maior da história.

VEJAM COMO A IMPRENSA MANIPULA E MENTE, LEIAM O ARTIGO:

Caminhoneiros paralisam Dutra por cinco horas

Mobilização foi feita nos dois sentidos da pista e foi liberada por volta das 18 horas