quarta-feira, 22 de abril de 2015

As Teses do PT Por Paulo Chagas - do Alerta Total


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Paulo Chagas

Caros amigos: Li o documento “Teses do PT” publicado no site do partido.

A publicação é uma falsa autocrítica, porquanto não aborda a verdade sobre os erros cometidos pela natureza desonesta dos líderes petistas, ou seja, atribui o fracasso da administração do partido às práticas capitalistas adotadas desde o primeiro mandato do Lula e não à desonestidade e à incompetência.

Propõe uma patética retomada das propostas  originais do partido visando ao socialismo, isto é, imaginam que culpando o capitalismo pelas canalhices que fizeram poderão recuperar a significativa porção de prestígio e de iludidos que perderam junto à “classe trabalhadora”.

O documento, estrategicamente, critica o governo Dilma que, ao invés de implementar mudanças socializantes, busca socorro em teorias capitalistas, ou seja, convalida a tese da trapaça eleitoral.
É uma forma de eximir-se da culpa pelo fracasso que, na realidade, deveu-se ao viés socializante da gestão pública.

Implementar o que propõe o documento, neste momento, somente será possível depois de um golpe de estado, com o fechamento de, pelo menos, o congresso e com apoio das FFAA e das PM.

Será que os brasileiros, que nas últimas pesquisas de opinião e nas ruas rejeitaram o PT e Dilma, ainda pensam que a solução está em uma virada radical à esquerda?

A proposta constante deste documento, após a experiência real vivida nos últimos 12 anos, é utópica, ridícula e patética!

Uma guinada à esquerda no momento em que pagamos caro pelo “viés” esquerdista adotado até aqui, me parece mais uma ilusão, um devaneio.

O último documento, “contribuição da tendência chapa virar à esquerda! Reatar com o socialismo!”, é, como o título demonstra, uma contribuição estratégica para o governo Dilma que, como já disse, só será implementado se houver um golpe de estado e não vejo como o atual governo poderia fazê-lo sem contar com a conivência das instituições armadas!

O documento demonstra o quanto os petistas são canalhas, expõe suas intenções e estratégias, revela seus antagonismos internos e coloca à nossa disposição os argumentos a serem destruídos pela nossa rejeição  ao socialismo.

É o que penso.

Abraço.

PChagas

PS: na Venezuela, a “revolução bolivariana” começou dentro  exército.
Aqui, eles podem até arriscar a quebra da ordem institucional com a tropa do “stalinde”, mas perderão!

Nem a Força Nacional de Segurança Pública ficará do lado deles!

Os moribundos vão perder!


Paulo Chagas, General na reserva, é Presidente do Ternuma.