quinta-feira, 30 de abril de 2015

Toffoli analisará pedido para anular a delação premiada de Youssef, para salvar Dilma


Não foi atua o esforço do PT para colocar seu advogado como ministro do STF. Como sempre Toffoli articula uma forma de salvar os companheiros PTistas, e o que está tentando agora é anular os depoimentos de Youssef, já que tudo que foi dito é grave demais para Dilma, Lula e demais membros da quadrilha.

Os advogados de Erton Medeiros da empreiteira Galvão alegam que as declarações de Youssef não têm validade porque o acusado quebrou acordo de delação em um dos processos do esquema de corrupção conhecido como Caso Banestado.

Isso dá corda para que Toffoli possa pedir o cancelamento da delação, calando a boca do delator, e jogando para baixo do tapete tudo o que já estamos sabendo sobre os crimes do PT.

Veja a reportagem completa:

http://www.diariodopoder.com.br/noticia.php?i=29761560400