sexta-feira, 29 de agosto de 2014

O povo quer saber todo o teor desse depoimento -DELAÇÃO PREMIADA: HOMEM-BOMBA DA PETROBRAS CONCEDE LONGO DEPOIMENTO À PF E MINISTÉRIO PÚBLICO EM CURITIBA.

O homem-bomba da Petrobras, Paulo Roberto Costa, muito chegado ao Lula, Dilma e Graça Foster, teria esboçado um ar de alívio nesta quinta-feira depois que começou a desembuchar. Agora é esperar para ver o tamanho da encrenca. Há que diga que pode vir "coisa grande" por aí.
O homem-bomba da Petrobras, Paulo Roberto Costa, que fez um acordo de delação premiada na tentativa de minimizar a severidade  da pena que pode recair sobre ele, iniciou seu depoimento nesta quinta-feira. 
Segundo informou a coluna de Felipe Patury, no site de O Globo, Costa iniciou o depoimento no final da tarde desta quinta-feira, às 18 horas, sendo ouvido por três procuradores federais e três delegados da Polícia Federal. O que se sabe é que até às 22 horas o ex-Diretor da Petrobras ainda continuava com as autoridades.
A Oitiva ocorre em Curitiba, onde o homem-bomba está preso. Costa foi alvo da operação Lava Jato, a mesma que prendeu o doleiro Alberto Youssef.
Na semana passada, o advogado que defendia o homem-bomba, Nélio Machado, deixou o caso quando seu cliente decidiu fazer um acordo de delação premiada com o Ministério Público e a Polícia Federal.
A última notícia que se teve de Paulo Roberto Costa é que teria desabafado quando topou a delação premiada: "se eu contar tudo não haverá eleição".


fonte: http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2014/08/delacao-premiada-homem-bomba-da.html