sexta-feira, 29 de agosto de 2014

União da Esquerda para implantar o Comunismo no Brasil -FHC diz que gostaria de ter Marina Silva em eventual governo de Aécio


MARINA SILVA PODE FAZER PARTE DO GOVERNO DO PSDB EM 2015, O ANO DO PODER DO PROLETARIADO NO BRASIL SOCIALISTA DE FHC E LULA. A DECLARAÇÃO DO COMUNISTA SE DEU DURANTE O EVENTO DA COMISSÃO GLOBAL DE POLÍTICAS SOBRE DROGAS, O PAI DO GOLPE SOCIALISTA E DO GRAMSCISMO, A DOUTRINA DE MANIPULAÇÃO QUE CRIA UMA MASSA DE IDIOTAS ÚTEIS À SERVIÇO DO MARXISMO, DISSE QUE QUE NO MANDATO DE AÉCIO GOSTARIA MUITO QUE MARINA SILVA TIVESSE UMA ALIANÇA COM O SEU BONECO MAMBEMBE. ENQUANTO ISSO, NINGUÉM FAZ OPOSIÇÃO AO DECRETO 8,243, TODOS ESTÃO PREOCUPADOS COM CONCHAVOS E ALIANÇAS.


FCH deixou escapar sem querer, as respostas para tantas perguntas que se faz sobre seu pacto com Lula em 1993 em Princenton EUA. FHC é Co-Presidente do Diálogo Interamericano, uma organização de esquerda associada a NOVA ORDEM MUNDIAL e ao FORO de SP. Neste pacto, FHC e Lula se comprometeram a destruir a direita e o conservadorismo, sucatear as Forças Armadas, implantar o socialismo no Brasil e na América do Sul e por fim, fazer um revezamento entre o PSDB e o PT no poder. FHC disse que durante o "mandato" de Aécio Neves, ele gostaria muito de ter a aliança de Marina Silva. Falou sobre o "MANDATO" de Aécio Neves com muita convicção, a mesma convicção que permite-se dizer que em 2015, Aécio será o novo presidente do Brasil. Chegou a hora do revezamento das esquerdas no poder. O PT já fez o restante de todo o trabalho sujo que o PSDB iniciou em 1994 e agora chegou o momento de se implantar o sistema do proletariado. Como Lula não tem a capacidade mental de "planejar" o novo sistema político dos "Conselhos Populares", cabe aos comunistas e intelectuais do PSDB fazer "funcionar" a máquina do proletariado.

Em 2015 teremos Aécio como um boneco mambembe no poder. Assim como Dilma é a boneca do Lula, Aécio será o boneco do PSDB. No poder do país estará o proletariado, os movimentos sociais, sindicatos e organizações de esquerda, que farão a Nova Constituição Comunista do Brasil, e á quem, Aécio prestará contas de forma subserviente e submissa. Aécio não poderá dar um "espirro" sequer, sem que os Conselhos Sovietes o autorize a "espirrar". ou seja, os movimentos sociais é que ditarão as novas medidas políticas, sociais e econômicas do país. Aécio não vai poder fazer "NADA", se tornando tão obsoleto quanto aos cargos de senador e de deputado federal. O Congresso será apenas uma despesa à mais, uma vez que nós, e o Estado, bancaremos as despesas e o financiamento para que os "Conselhos Populares" possam governar o país. Está tudo no plano do Foro de São Paulo, tudo bem escritinho e de fácil leitura. Um dos últimos passos do Foro é colocar três poderes para governar o país. Um será o poder (kkkkkk) do Presidente, o outro será o de, digamos, uma espécie de Primeiro Ministro, cargo que será a ponte entre o executivo e os "Conselhos". E por último, os Conselhos e assembleias, estas sim, as verdadeiras forças de poder que governarão o Brasil.

Para isso, FHC que uniu e fortaleceu as esquerdas, fazendo uma emenda em seu governo que instituiu o "pluripartidarismo", que por consequência, propiciou uma enxovalhada de partidos de esquerda, uma estratégia de FHC para fortalecer e criar novos partidos socialistas e comunistas e na sequência,destruir a direita, quer que Marina Silva, a Eco-Comunista, faça uma aliança com Aécio em 2015. FHC não está nem aí para o Brasil, o maior interesse dele é o poder e conchavos para continuar mamando nas tetas do Estado. FHC sabe que Marina tem porta aberta com o PT, tem porta aberta com alas radicais da esquerda ultra-marxista e tem porta aberta com os movimentos sociais e portanto, Marina será uma ponte perfeita entre Aécio e o proletariado. Entenderam? Comunistas são tão previsíveis, só a massa de idiotas úteis é que não percebem o óbvio.

FONTE: http://www.otempo.com.br/cmlink/hotsites/eleições-2014/fhc-diz-que-gostaria-de-ter-marina-silva-em-eventual-governo-de-aécio-1.905701