terça-feira, 23 de abril de 2013

Como Salvar o Brasil

Fernando Lins fala em seu artigo sobre a corrupção, que segundo ele estaria disseminada em todos os níveis de Governo e em todos os poderes, principalmente no Executivo e no Legislativo.
Autor: Fernando Lins

Um grave perigo ameaça a nossa ainda frágil Democracia. Poderes hostis, mancomunados com interesses contrários ao povo brasileiro, uniram-se para forçar-nos goela abaixo um regime totalitário, que lhes permita saquear o Brasil impunemente.
 
A principal arma de que dispõem é a corrupção, disseminada em todos os níveis de Governo e em todos os poderes, principalmente no Executivo e no Legislativo. Mas também lançam mão de outras armas poderosas: a desmoralização e a destruição da única instituição democrática ainda não corrompida: o Poder Judiciário, e a supressão da Imprensa Livre, a principal forma da cidadania informar-se e manifestar-se.
 
Nunca antes na história deste País a corrupção alastrou-se de forma tão avassaladora quanto agora! Desde a Proclamação da República, em 1889, a corrupção infiltrou-se de forma crescente na administração pública, com a exceção de uns poucos períodos de moralidade.
 
A degradação dos valores democráticos exige que as pessoas e instituições que cultivam os princípios da Ética, da Moral, da Justiça e da Liberdade, legítimos anseios da maior parte da Sociedade Brasileira, se unam numa verdadeira Cruzada contra os malfeitores que querem se apossar do Brasil em seu próprio proveito.
 
Desde o início dos governos do Partido dos Trabalhadores na Presidência da República, a corrupção atingiu patamares jamais vistos! Lula, o Idiólatra (vide artigo do autor aqui) instalou no coração do Poder Executivo, dentro do Palácio do Planalto, a mais nefasta quadrilha (como definido no julgamento da Ação Penal 470 do STF, o malfadado Mensalão), chefiada por ninguém menos que o ministro chefe da Casa Civil, o ideólogo e um dos fundadores do PT, José Dirceu (idem).
 
E a corrupção, a desmoralização do Judiciário e a perseguição à imprensa livre tornaram-se política oficial de governo do PT. Como exemplo, menciono apenas um dos escândalos mais recentes, o da amante de Lula, Rosemary Noronha, que chefiava a representação (!) da Presidência da República em São Paulo! Segundo os resultados da Operação Inconfidente, realizada Pela Polícia Federal, a aludida representação tornou-se uma casa de tolerância no seio da Presidência, com uma funcionária em cargo de confiança influindo nas mais altas instâncias de poder, chegando a nomear membros de sua quadrilha, como os hoje notórios irmãos Vieira (como consta do relatório da PF) para altos cargos em órgãos governamentais, nos quais promoviam a mais desavergonhada corrupção!
 
O PT promoveu o mais completo aparelhamento da máquina governamental. O Governo Federal abriga, em dados recentes, 22.417 funcionários comissionados em cargos de confiança na administração. Juntem-se a eles os mais de 105.000 funcionários comissionados dos governos estaduais e as centenas de milhares existentes nas prefeituras, e pergunta-se: Quantas Rosemarys e irmãos Vieira existem entre eles, mancomunados para desfalcar o erário?
 
Mas esta é apenas uma faceta de um plano maquiavélico colocado em prática pela cúpula do PT, de degradação e desmoralização do Brasil e seu povo, cujo resultado é o sofrimento e a miséria impostos às parcelas menos favorecidas da população, ignorantes da causa de seus tormentos, entorpecidos pela manipulação da mídia e cooptados pelas bolsas ilusórias, que perpetuam a pobreza e a submissão.
 
A face mais visível atualmente é o escárnio da classe dirigente para com a sociedade, como o demonstra a eleição de Renan Calheiros para a Presidência do Senado Federal e de Henrique Eduardo Alves para a presidência da Câmara dos Deputados, ambos figuras de tenebroso passado, que já deviam ter sido banidas definitivamente do cenário político.
Pior ainda a eleição de José Genoíno e João Paulo Cunha, dois dos quadrilheiros do Mensalão condenados à prisão pelo STF, exatamente para a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, a mais importante da casa.
 
Além da face visível, o PT promove insidiosamente a degradação do Poder Judiciário, infiltrando seus asseclas nas maiores Cortes do País. Veja-se a atuação dos Ministros nomeados mais recentemente durante o processo do Mensalão! Vergonhoso é um qualificativo brando para definir o comportamento de alguns deles, a quem a Nação manifestou claramente o repúdio.
 
Urge vigiar, pois está em curso uma manobra odiosa, de anular o julgamento do referido processo, com a nomeação de mais um Ministro do STF compromissado com as maquinações do PT, em prejuízo da sociedade que se manifestou favoravelmente à condenação dos corruptos integrantes da malfadada quadrilha.
 
Que mensagem o PT quer passar à Nação, promovendo tais imoralidades? É uma inominável desfeita, um tapa na cara dos cidadãos de bem! É a premiação do crime! É a banalização do malfeito! É a exaltação dos fora-da-lei! É o fim do mundo! E a sociedade contempla tais indecências passivamente!
 
Quando a podridão do governo de Fernando Collor veio à tona, bastou o episódio da compra da perua Elba feita com recursos públicos vir à tona, que a cidadania tomou as ruas com as caras pintadas, exigindo a renúncia do presidente. O Congresso curvou-se à imposição da sociedade e iniciou o processo de cassação do mandato do delinqüente, obrigando-o a renunciar.
 
Escândalos sucedem a outros escândalos, a Nação tem seu patrimônio aniquilado, a maior parte da imprensa, acovardada ou comprometida, finge que não vê, grande parte dos órgãos de vigilância se omite, os nossos preciosos recursos são desviados para os bolsos dos corruptos, a população sofre os descalabros da falta de saúde, segurança, educação, saneamento, ruas e estradas intransitáveis, infraestrutura sucateada, obras inúteis, superfaturadas e quase nunca concluídas, promessas de palanque jamais cumpridas...
 
É hora de dar um BASTA! É necessário que as pessoas de bem, a grande maioria da população, que não compactua com estes desmandos, tome novamente as ruas e praças, e com a cara limpa exija: “Queremos o fim da corrupção e da impunidade!
 
Temos que ter consciência de que TODAS as pessoas que exercem funções nos três ramos de Governo: Executivo, Legislativo e Judiciário, nos três níveis: Federal. Estadual e Municipal são FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS, isto é, são nossos funcionários!
 
O Presidente da República é o funcionário público Nº 1 do País! Da mesma forma, os governadores e os prefeitos são os funcionários públicos Nº 1 dos estados e municípios. Nós os elegemos para cuidar do interesse público, que é o NOSSO, e não dos interesses pessoais deles!
 
Cada vez que um corrupto no governo ROUBA dinheiro que pertence ao povo, é como se um ladrão entrasse em nossa casa e roubasse nossos pertences, adquiridos honestamente com nosso trabalho! É como se um assaltante nos apontasse uma arma na rua e levasse nosso dinheiro e nossos bens, isto quando não nos leva a vida ou nos lesa a integridade física! Não há diferença alguma; os corruptos são LADRÕES, ASSALTANTES E ASSASSINOS!
 
Sim, por que cada vez que morre uma pessoa por deficiência de atendimento na rede pública de saúde, é um assassinato causado pelo desvio das verbas da saúde! Cada vez que morre uma pessoa vítima de assalto ou da violência indiscriminada predominante, é um assassinato causado pelo desvio de verbas da segurança pública!
 
Pior! Estes corruptos estão ROUBANDO o nosso futuro! Roubando o futuro de nossos filhos! Roubando nossa Pátria! Roubando o direito de o Brasil ser um País rico, justo, poderoso e influente, como é nosso destino no concerto das nações!
 
O que podemos fazer? É bastante fácil! Todos nós conhecemos pelo menos o vereador ou a vereadora em quem votamos na eleição de 2012. Da mesma forma, conhecemos diversas autoridades que tem o dever de fazer com que a Justiça seja exercida e as Leis cumpridas. É nosso direito e obrigação pressioná-los a apurar as ilicitudes cometidas por agentes públicos.
 
Estamos no início de novos governos municipais. Vamos então em massa às câmaras de vereadores, exigir que os mesmos apurem TODAS as denúncias de corrupção nas prefeituras. Vamos às assembleias legislativas, exigir que os deputados estaduais façam o mesmo, em relação aos governos dos estados. Da mesma forma pressionemos os deputados federais e senadores, em nível federal.
 
Mobilizemos nossos amigos, vizinhos, colegas de estudo, trabalho e lazer, nossos filhos, principais interessados em ter um País realmente Justo, Democrático e Livre, uma Pátria em que todos tenham acesso à educação e saúde de qualidade, segurança para viver, igualdade de oportunidades de trabalho e estímulo ao empreendedorismo, respeito à propriedade privada e à liberdade de opinião!
 
Comecemos este esforço em defesa dos valores que são caros a todos em nossa comunidade, na nossa rua, em casa; compartilhemos esta idéia com nossos parentes, amigos, colegas e conhecidos de outras regiões, criemos associações e grupos de apoio; é um direito e uma obrigação de cada um de nós, em nosso próprio benefício.
É uma pena que o brasileiro seja tão passivo em relação à violação de seus direitos. Infelizmente, aqui o povo só se empolga pelo futebol. Se soubesse o quanto é efetiva uma demonstração popular de massa!
 
Só com o clamor da população seremos ouvidos e teremos nossas reivindicações atendidas. E quanto maior a pressão, mais rápido teremos o resultado. O tempo urge! Nossa ainda frágil Democracia está sob graves ameaças. Lutemos com todo ânimo e coragem pelos nossos direitos e pelo bem do Brasil!