sexta-feira, 19 de abril de 2013

Unasul/Foro de São Paulo decretou o fim da Democracia na AL, ao empossar Maduro.


A caricata UNASUL, entidade multilateral criada pelos governos latino-americanos participantes do Foro de São Paulo, a organização esquerdista que articula a tomada do poder em todo continente pelos comunistas, convocou uma reunião nesta quinta-feira em Lima, no Peru, para dar apoio do usurpador da presidência venezuela, Nicolás Maduro, eleito em pleito fraudulento. Tanto é que nesta quinta-feira o Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela, o CNE, decidiu promover uma recontagem dos votos das mesas que não foram auditadas.
A reunião da UNASUL é uma tentativa de fazer pressão política para neutralizar a onda de reação internacional contra mais esse golpe comunista na América do Sul.