terça-feira, 23 de junho de 2015

A ECONOMIA BRASILEIRA DERRETE. EMPRESAS JÁ FECHAM AS PORTAS. O ESPECTRO DA ESCASSEZ JÁ RONDA O BRASIL COMO NA VENEZUELA.

A ECONOMIA BRASILEIRA DERRETE. EMPRESAS JÁ FECHAM AS PORTAS. O ESPECTRO DA ESCASSEZ JÁ RONDA O BRASIL COMO NA VENEZUELA! 

Nas fotos o quadro de penúria na Venezuela. Cada vez piora mais!


O Brasil pode ser a Venezuela amanhã: escassez generalizada de protudos de primeira necessidade. Como em Cuba, uma crise que já dura mais de meio século. O bem bom só pode ser encontrado nas despensas de Fidel Castro, Nicolás Maduro e seus asseclas.
Há pelo menos uns dois anos, quando explodiu o escândalo envolvendo sua amante Rosemary Noronha, que chefiava o escritório de representação do Palácio do Planalto em São Paulo, Lula foge da imprensa como o diabo foge da cruz. Todas essas matéria sobre Lula que saem diariamente nos jornais se devem, principalmente, aos jornalistas capachos vagabundos do PT. Me refiro, obviamente à Folha, Estadão e Rede Globo, que são os veículos de comunicação mais com maior capilaridade nacional. Mas o restante também está mesma condição. 

Para fingir uma suposta imparcialidade esses jornais e televisões mantêm apenas em suas redações alguns jornalistas independentes que é para tentar dar um ar de independência. Tudo jogo de cena. O grosso na imprensa brasileira é dominada pelos esbirros do Foro de São Paulo, essa organização criminosa que atua na América Latina e que foi fundada por Lula e Fidel Castro em 1990, com o objetivo de fazer do continente latino-americano um apêndice de Cuba. 

O Foro de São Paulo foi transformado num tabu pela grande imprensa brasileira que jamais tocou no assunto. Por isso há um hiato separando a corrupção e a roubalheira do esquema ideológico comunista, quando se sabe que o modus operandi dos comunistas sempre foi a corrupção, a pilhagem e roubo sistemático puro e simples. O caso brasileiro é exemplar e a corrupção e a roubalheira só foram descobertas por acaso quando a Polícia Federal de Curitiba investigava um esquema de lavagem de dinheiro por criminosos comuns. Bateu na Petrobras.  

Portanto, quando se lê matérias de Lula evocando o sonho ético petista dá vontade de vomitar. Tal evocação na verdade se constitui numa admissão pública de culpa no cartório de todas as barbaridades que estão acontendo no Brasil, um país que está sendo destruído como foi destruída Cuba, Venezuela e similares. Todavia, esse mito ético petralha é imediatamente reverberado pelo jornalismo à soldo para fazer crer aos incautos de que se trata de um surpreendente desvio ético e que portanto poderia ser resolvido com o resgate de um suposto passado "glorioso" do PT. 

Não. Nunca existiu um PT como paladino da justiça, da democracia e de padrões éticos impolutos. Todos os partidos de viés comunista como o PT e seus satélites são constituídos por ladrões, vigaristas, mentirosos, terroristas e assassinos.

Em todos os países em que chegaram ao poder começando pela Rússia e passando por Cuba, China, Coréia do Norte e a ex-Alemanha Oriental, deixaram um rastro de sangue e horror, a economia esfacelada e a fome. O episódio mais recente dessa loucura se expressa na vizinha Venezuela, onde opositores estão nos calabouços da polícia política do regime tirânico de Nicolás Maduro e o governo impôs uma escassez de alimentos e demais bens de primeira necessidade como medicamentos. Atualmente essa escassez já alcança até mesmo peças de reposição de veículos automotores.

A queda do dito "socialismo real" foi apenas uma jogada de mestre para fazer desaparecer da grande mídia a palavra "comunismo", como se o comunismo tivesse mesmo acabado. Não acabou. Pelo contrário, está mais forte do que nunca e hoje conta, como no caso brasileiro, com o grosso do empresariado em todos os níveis na condição de "sócios" no processo de pilhagem dos cofres públicos. 

Embora a crise seja grave e profunda não se ouve um pio de protesto das grandes entidades de classe empresariais, como a Confederação Nacional da Indústria (CNI), a poderosa Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e suas congêneres em todos os Estados brasileiros.

Para esses grandalhões da economia tanto faz como fez. Lhes interessa apenas o dinheiro, seja de onde vier, de propinas e outras formas de sangrar o erário. Se a situação piorar muito simplesmente pegam um avião e se mandam para o paradisíaco e cálido sul da Flórida.

Enquanto isso, estamos vendo a economia brasileira derreter. Reparem que é tudo rigorosamente igual ao que aconteceu e acontece na Venezuela. 

Agora mesmo o site O Antagonista editado por Diogo Mainardi e Mario Sabino, dá a seguinte notícia:


"O Antagonista acaba de conversar com uma das suas fontes. Ela contou que uma das maiores redes de concessionárias do país, com 8 000 lojas, prevê o fechamento de até 1 500 no segundo semestre. No primeiro semestre, 400 foram suprimidas. E esse é apenas um exemplo.
O desemprego oficial ultrapassará os dois dígitos até o final de 2015. É o efeito Dilma. É o efeito Lula."

Isso é apenas um pontinha discreta do iceberg. Daqui a pouco estaremos vendo grandes montadoras e outras empresas multinacionais indo embora do Brasil. Isso começa primeiro discretamente até alcançar um ritmo frenético. Estamos ainda na primeira fase. Se nada for feito de forma imediata, começando pelo impeachment da Dilma e a proscrição definitiva do PT e demais partidos comunistas, preparem-se para viver em filas de supermercados para comprar papel higiênico.

O que acabo de escrever é a realidade. O resto que campeia na grande imprensa nacional é mentira. E a última grande mentira está na primeira página da Folha de São Paulo desta terça-feira: uma grande foto da Dilma desmentindo um suposto boato de que teria tentado cometer suicídio... Como podem notar, essa gente é capaz de tudo.




fonte: http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2015/06/a-economia-brasileira-derrete-empresas.html