sexta-feira, 19 de junho de 2015

MORO MANDA PRENDER AMIGOS DO LULA: SERGIO MORO MANDA PRENDER PRESIDENTES DA ODEBRECHT E ANDRADE GUTIERREZ



MARCELO ODEBRECHT E OTÁVIO MARQUES AZEVEDO, PRESIDENTE DA ANDRADE GUTIERREZ, 
ESTÃO ENTRE OS ALVOS DA 14ª FASE DA OPERAÇÃO LAVA JATO. (FOTOS: ESTADÃO CONTEÚDO)
O juiz federal Sergio Moro mandou prender Marcelo Odebrecht, presidente da maior
 construtora brasileira, que concentra mais de 50% dos contratos da Petrobras e dos
 financiamentos do BNDES no exterior. Moro, que coordena a Lava Jato determinou
 nesta sexta-feira à Polícia Federal o cumprimento de 59 mandados judiciais, na 14ª fase
 da Operação Lava Jato, sendo 12 de prisão. Também foi preso Otávio Marques de
 Azevedo, presidente da empreiteira Andrade Gutierrez.
Além de Marcelo Odebrecht, também foram presos seus executivos Rogério Araújo e
 Márcio Freitas, que o representava, segundo os investigadores, na coordenação das 
empresas que se cartelizaram para fraudar licitações, distribuir contratos e subornar
 autoridades. Quatro dos mandados de prisão, cinco de condução coercitiva e 17 de
 busca e apreensão são cumpridos em São Paulo. A PF vasculha os escritórios da
 Odebrecht na capital paulista.
Também estão sendo cumpridos 38 mandados de busca e apreensão e nove de condução
 coercitiva. Os mandados são cumpridos em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais
 e Rio Grande do Sul e têm como alvo as construtoras Odebrecht e Andrade Gutierrez,
 segundo a PF.
Desde o início da operação, dezenas de pessoas já foram presas, entre elas estão o 
ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa –  que cumpre prisão
 domiciliar no Rio de Janeiro e Alberto Youssef, que está preso em Curitiba.
Até agora, o juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato, 
aceitou denúncia contra mais de 80 pessoas. São alvo de ações as empreiteiras 
Camargo Corrêa, Sanko-Sider, Mendes Júnior, OAS, Galvão Engenharia e Engevix.