domingo, 30 de agosto de 2015

BANQUEIROS, MEGA EMPRESÁRIOS E FUNDOS DE PENSÃO SE ESQUIVAM DE PROCESSO CONTRA A PETROBRAS NOS EUA PARA SALVAR LULA E PT. PENSIONISTAS DE FUNDOS E MICRO INVESTIDOR VÃO PARA VINAGRE.



O site da revista Veja está noticiando que os bancos brasileiros e até mesmo os fundos de pensão estão se esquivando de processo que rola nos Estados Unidos contra a Petrobras. 
Para quem acompanha o noticiário político em sites e/ou blogs independentes como este aqui, sabe que a permanência do PT no poder até agora, apesar de toda essa roubalheira descomunal, deve-se sobretudo à criminosa parceria entre banqueiros, mega empresários e fundos de pensão com o esquema do PT.
O fato desses tubarões da economia brasileira estarem se esquivando do processo que corre nos Estados Unidos para ressarcir investidores é a prova concreta do que tenho assinalado reiteradamente aqui neste blog.
Como esses ladravazes poderosos têm dinheiro sobrando o prejuízo dos investidores em geral é titica. Os grandalhões já fizeram seu colchão de dólares em algum paraíso fiscal.
Entretanto, no que respeita aos fundos de pensão em geral, a coisa é gravíssima. São milhares de aposentados por esses fundos públicos e privados. Se os dirigentes se esquivarem de procurar o ressarcimento dos investimentos desses Fundos - que são, notem, dos participantes aposentados ou que esperam o tempo restante para aposentar-se - esses executivos são passíveis de ação judicial nos âmbitos cívil e criminal, já que têm a obrigação que buscar o ressarcimentos dos prejuízos em decorrência da roubalheira desvairada na Petrobras que derreteram os investimentos em ações da estatal.
Por aí se vê o nível moral desses vagabundos. Explica-se por que viviam de beijos e abraços com o Lula e a Dilma proclamando o Brasil maravilha. 
Cada aposentado pelos fundos de pensão - não apenas os públicos, mas os privados também! - bem como os participantes da ativa têm de reagir.
No que respeita aos participantes já aposentados de fundos de pensão públicos e privados, esses devem ficar muito atentos, já que poderão ver daqui há pouco seus rendimentos minguarem.
Concluindo: Os diretores dos fundos de pensão, todos eles, têm o dever de correr atrás do ressarcimento do prejuízo que inevitavelmente acabará tendo de ser pago pelos beneficiários. 
Deu para perceber? Ou precisa desenhar?

fonte: http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2015/08/banqueiros-mega-empresarios-e-fundos-de.html