segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Farra com dinheiro publico para apoiadores da Corrupção: CUT E OUTRAS CENTRAIS SINDICAIS RECEBERAM R$ 166 MILHÕES DO GOVERNO EM QUATRO MESES

Apesar da grave crise do país, o montante entregue é 66% maior do que o pago no mesmo período de 2014 (R$ 100 milhões)




O governo Dilma Rousseff não tem dinheiro para programas sociais (Minha Casa e outros) e nem para o 13º dos aposentados e pensionistas do INSS, mas não falta para fazer repasses às centrais sindicais, braços de partidos políticos.
Entre janeiro e abril, de acordo com o Estadão, o governo já depositou R$ 166,6 milhões para as seis entidades habilitadas a receber parte do dinheiro arrecadado com o imposto sindical, recolhido de trabalhadores com carteira assinada.
Apesar da grave crise do país, o montante entregue aos sindicalistas é 66% maior do que o pago no mesmo período de 2014 (R$ 100 milhões) e já quase alcança o que foi transferido no decorrer do ano passado (R$ 180,1 milhões).
Ligada ao PT, a CUT (Central Única dos Trabalhadores) é a que mais recebeu dinheiro descontado dos trabalhadores. A entidade embolsou R$ 340 milhões desde 2008, quando o governo viabilizou os repasses polêmicos.
A CUT é comandada nacionalmente por Vagner Freitas, aquele que aquele que ameaçou, em solenidade no Palácio do Planalto, com a presença da presidente da República, pegar em armas para defender o mandato de Dilma Rousseff, caso ela venha a sofre impeachment.
— Somos defensores da unidade nacional, da construção de um projeto de desenvolvimento para todos e para todas. E isso implica, neste momento, ir para as ruas entrincheirados, com armas nas mãos, se tentarem derrubar a presidenta — disse Freitas.

fonte: http://www.clesio.net/agora/dilma-repassou-r-166-milhoes-para-sindicalistas-em-quatro-meses/