sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Cartas entre filho de Bicudo e Lula mostram que para o PT fundo do poço moral é só uma etapa mesmo POR LUCIANOHENRIQUE


Relembremos o que estava escrito em um texto de Janaina Paschoal e Helio Bicudo, mencionado no dia 20/10 por este blog:
[…] impossível ignorar o que está acontecendo na Venezuela de Maduro, aliado incondicional de Lula e Dilma. Sob a acusação de ter convocado manifestações em que ocorreram mortes, Leopoldo López está preso há um ano e meio e, recentemente, foi condenado a treze anos de prisão.
Leopoldo López não cometeu nenhum ato de violência que pudesse justificar essa pesada condenação. Não obstante, diante da flagrante violação de seus direitos fundamentais, o Governo brasileiro cala!
Isso deve ter doído muito nos petistas, pois eles não querem, de forma alguma, que as pessoas descubram qual a razão para estarem devastando o Brasil pela via da corrupção. Aí é claro que iriam apelar, convocando o filho de Helio Bicudo para mais um papelão, como vemos em matéria do Brasil247:
Em nova carta ao ex-presidente Lula, em resposta a uma que recebeu no início de outubro, publicada pelo Diário do Centro do Mundo, o filho do advogado Hélio Bicudo, José Eduardo, descreve o pai como alguém que tem se comportado “de maneira raivosa e grotesca”.
E cujas “ações têm encorajado a aproximação de grupos de extrema direita, os quais têm se aproveitado da espantosa guinada na sua trajetória pessoal e política nos últimos dez anos, para se promoverem à sua custa.”
No momento em que seu pai apresenta uma nova versão de seu pedido de impeachment, José Eduardo fala ainda da aproximação de Hélio Bicudo com “aqueles que hoje pregam o golpe”. “Não há como isentá-lo de responsabilidades, ainda mais que ele continua a se manifestar de maneira raivosa e grotesca, com argumentos que contradizem a sua história de vida de até há pouco tempo atrás”, escreve.
Para começo de conversa, José Eduardo é um mentiroso. Se há algo próximo a uma extrema direita (melhor seria chamá-los de “neoconservadores brasileiros”), esta repudiou o fato de Bicudo estar à frente de um pedido de impeachment. Embora taticamente equivocados, muitos deles queriam que o pedido de Jair Bolsonaro fosse endossado.
O mais divertido é notar que as palavras de José Eduardo – o qual alega que seu pai tem se comportado “de maneira raivosa e grotesca” – sempre fogem da especificação. Ele não constrói uma argumentação sequer dizendo “a afirmação (x), proferida pelo meu pai, é raivosa”. Suspeitem sempre de qualquer crítico generalista.
E por falar em “contradição de história de vida”, a maior que vemos, por sua vez, está nos petistas e em suas linhas auxiliares. Foram eles que nos mentiram, ao longo de vários e vários anos, dizendo que “lutaram contra uma ditadura”. Na verdade, lutaram por uma ditadura deles próprios, enquanto combatiam uma outra. Mas aí era apenas o sujo falando do mal lavado. Algumas pessoas, independentemente de quais tenham sido suas intenções durante o regime militar, hoje estão efetivamente lutando contra a ditadura do PT.
Hoje em dia, Hélio Bicudo se rebela contra uma tirania. Luiz Eduardo, seu filho, apoia uma ditadura bolivariana, que intencionalmente levou nosso país a um colapso econômico, o que ainda é pouco do que está por vir caso eles consigam definitivamente censurar a mídia (já começaram), controlar as campanhas eleitorais e tudo o mais.
Luis Eduardo é golpista, totalitário, fascista e bolivariano. Melhor seria se mandasse suas cartas para Lula em privado e não envergonhasse o seu pai. E outra coisa: ficar trocando em público “cartas” com Lula é atitude de gente digna? Bem, não esperaríamos dignidade de quem apoia regimes totalitários…

FONTE: http://lucianoayan.com/2015/10/23/cartas-entre-filho-de-bicudo-e-lula-mostram-que-para-o-pt-fundo-do-poco-moral-e-so-uma-etapa-mesmo/