terça-feira, 20 de outubro de 2015

SImplesmente uma vergonha desses bandidos: Relatório da CPI da Petrobras é piada de mau gosto e desrespeito com a “Lava-Jato”, diz líder do PPS




“É uma piada de mau gosto e um total desrespeito ao trabalho da operação Lava Jato”, afirmou nesta terça-feira (20) o líder do PPS na Câmara dos Deputados, Rubens Bueno (PR), ao analisar o relatório final da CPI da Petrobras apresentado pelo deputado Luiz Sérgio Nóbrega de Oliveira (PT-RJ). No texto, o petista ataca o instrumento da delação premiada, responsável por levar vários de seus colegas para a cadeia, e ainda poupa os políticos envolvidos no Petrolão, o maior e mais ousado esquema de corrupção da história.
Para o líder do PPS, o relator cumpriu a risca as ordens do governo da presidente Dilma Rousseff. “Ele se concentrou em atacar os delatores que revelaram os detalhes do funcionamento da organização criminosa comandada pelo PT e seus aliados. E, sem um pingo de vergonha, botou a pizza na mesa, colocando toda a culpa no cartel de empreiteiras, como se o governo fosse vítima e não ator principal do esquema. É um jogo tão combinado que casa com a declaração absurda que Dilma deu hoje alegando que seu governo não está envolvido em nenhum escândalo de corrupção”, criticou Rubens Bueno.
O deputado condenou ainda a resistência do comando da CPI em prorrogar os trabalhos da comissão. “Nós estamos insistindo para que isso aconteça, mas querem enterrar logo o assunto. Agora, se houver prorrogação, será necessário que se mude o relator e alguns membros da comissão que só trabalham para barrar as investigações”, ponderou o líder do PPS.
Outro ponto que emperrou o andamento da CPI, ressaltou o parlamentar, foi a dificuldade para se aprovar quebras de sigilo e os empecilhos colocados para que os deputados tivessem acesso aos documentos enviados para a comissão.
“O excesso de centralização dos trabalhos também atrapalhou. Além disso, foram tomados vários depoimentos desnecessários que levaram a comissão a ficar a reboque da Lava Jato, quando sua verdadeira função deveria ser a de investigar os agentes políticos”, finalizou Rubens Bueno.
Que o petista Luiz Sérgio produziria um relatório desse nível era algo esperado, pois o PT está sangrando em termos políticos e qualquer denúncia mais contundente no documento pioraria sobremaneira a situação da legenda, que teme ser varrida do mapa. O relator das CPI da Petrobras é ligado ao “companheiro” José Dirceu de Oliveira e Silva, condenado à prisão na Ação Penal 470 e preso na Operação Lava-Jato, além de ser pessoa da máxima confiança do ex-chefe da Casa Civil.
O conteúdo do documento produzido pelo relator da CPI da Petrobras evidencia o viés tendencioso de sua atuação no colegiado, pois Lula, Dilma Rousseff, Maria das Graças Foster e José Sérgio Gabrielli de Azevedo foram poupados no relatório, que trouxe críticas ao instituto da delação premiada. Ou seja, muito além de uma piada de péssimo gosto, o relatório de Luiz Sérgio é um atentado contra a democracia, não sem antes ser um deboche aos brasileiros de bem

fonte: http://ucho.info/relatorio-da-cpi-da-petrobras-e-piada-de-mau-gosto-e-desrespeito-com-a-lava-jato-diz-lider-do-pps