terça-feira, 28 de julho de 2015

Propinas e cargos para impedir o Impeachment e comprar deputados e senadores: No desespero, Dilma mobiliza tropa para barrar impeachment. Quanto custarão os aliados?

dilma medoO desespero de Dilma Rousseff também aumenta cada vez mais.
O Estadão informa que a petista “cobrou de 12 ministros que mobilizem as bancadas de seus partidos para impedir que propostas pedindo o seu afastamento do cargo contaminem a pauta do Congresso a partir da próxima semana, quando terminar o recesso parlamentar”.
1) Dilma teme que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), admita a tramitação dos pedidos de impeachment antes mesmo dos protestos de rua marcados para 16 de agosto. “Vamos tratar tudo e todos de forma técnica e jurídica”, disse Cunha na segunda-feira. “Havendo fundamento, o processo será analisado.”
2) Dilma teme, também, os próprios protestos de rua em todo o país, que ganharam o apoio formal do PSDB na segunda. Segundo o senador Aécio Neves (PSDB-MG), os tucanos vão utilizar inserções partidárias de TV na próxima semana para convocar a população a participar dos atos pró-impeachment: “Aqueles que estiverem indignados ou até mesmo arrependidos mas, principalmente, cansados, devem sim se movimentar, ir às ruas.”
3) Dilma teme ainda a votação da chamada “pauta-bomba”, que aumenta as despesas e coloca sob risco o ajuste fiscal.
Dilma, em suma, teme o agravamento, em agosto, da crise que ela mesma causou.
Só faltou informar por quanto vai comprar a base aliada para não cair.
Tic-tac, tic-tac, tic-tac…

fonte: http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil/2015/07/28/no-desespero-dilma-mobiliza-tropa-para-barrar-impeachment-quanto-custarao-os-aliados/